A verdade nos detalhes

Em toda essa questão da Comissão da Verdade, a melhor cena da semana: Maria Rita Kehl chegando ao jantar em Brasília, em carro oficial com motorista.

Não é irônico? Não valeu a pena passar anos da vida em prol da causa “igualitária” do PT?

This entry was posted in Parabéééénnnns!. Bookmark the permalink.

16 Responses to A verdade nos detalhes

  1. Fernando says:

    A causa igualitária do PT visava apenas chegar ao poder.
    Após a eleição do Sebento os PTralhas esqueceram da ideologia e passaram a ser os novos pequenos burgueses da República Sindical do Brasil.
    A começar pelo Oráculo de Garanhuns que é fã do “puros” Cubanos, de uisque 24 anos e ternos Armani.

    PT o partido do “faça o que digo, mas não faça o que faço”

  2. Leticia says:

    Né? Todos os símbolos burgueses postos à frente, por que não usufruir?

  3. Luiz Schuwinski says:

    Os PTelhos estabeleceram uma franquia da ‘nomenklatura bolchevique’ em Macunaíma’s Land!

    Fernando, não esqueça do aero-Lulla e do Sírio Libanês.
    Ela deveria escrever um livro sobre os acontecimentos políticos a partir de 2003. Chamar-se-ia : “É Tempo do Cão”!

  4. Fábio Mayer says:

    E me digam, foi diferente em algum país socialista?

    Não. Na URSS, a “nomenklatura” vivia melhor que muito nababo, as esposas viajavam para a Europa Ocidental comprar os melhores e mais caros itens de consumo, tudo pago pelo povo que supostamente (e só supostamente)vivia bem. Em Cuba, os Castro são verdadeiros marajás enquanto o povo PASSA FOME na maior parte da história do país desde que assumiram o poder. Na Romênia, os comunistas Ceaucescu construiram palácios de mármore com pias e torneiras de ouro, o mesmo aconteceu na Albânia, na Hungria, etc…

    O PT apenas repete o pensamento e as ações de todo socialista que se preze: defende o socialismo para chegar ao poder, uma vez no poder, dá-lhe mordomias, ou será que o povo já esqueceu (já esqueceu mesmo) que Lula comprou nada menos que 8 (sim, 8!) aviões VIP para a FAB mas não foi homem, nem político suficientemente decente para decidir o processo do Fx-2?

    Sem contar os charutos cubanos, o vinho Romanée-Conti e todas os demais mimos que em teoria, são coisa de capitalista…

  5. Fernando says:

    E para quem se interessar, existe um documentario chamado:
    “CUBA, O mundo e a vida de Ricardo Arrieta.
    Um filme produzido por brasileiros que mostram realmente o que é a “Festejada” Cuba dos esquerdofrênicos. É assistir e tirar suas conclusões.

  6. Dulce says:

    E ainda falam mal da monarquia inglesa…. que eu saiba a Rainha da Inglaterra presta contas na internet , nossos cartões corporativos são uma caixa preta, sabe Deus até quando.

  7. Leticia says:

    Né, povo? Nada melhor que o dinheiro pra expor os instintos mais cafonas… Como é que um manguaceiro vai curtir um Romanée-Conti? Mas nem uma pessoa de bom senso passaria numa degustação às cegas, hehe!

    Exato, Dulce. Bancar uma dúzia de nobres sai muito mais barato…

  8. Marcelo says:

    Agora a dotora é otoridade…

  9. maria says:

    Millôr já disse e vou repetir:que ideologia que nada,foi e é investimento,os amigos do rei de banânia estão todos ricos,e ai de quem discordar dele,se der ele “atropela”e depois diz que não sabe de nada.

  10. Leticia says:

    Phyno, né, Marcelo? Deve ter direito a segurança, agora.

    Verdade, Maria. Não passa de investimento.

  11. Dawran Numida says:

    Manguaça Romanée!!!…hehehehe…E Conti para quem quiser.
    Bem, já tem novela onde a nova classe média, os emergentes, são protagonistas. Depois proíbem até a festa do 45 anos. É de rir à tripa forra. Mas, para que resistir aos insanos prazeres da burguesia? O melhor era entrar disfarçado na Daslu?
    Os trabalhadores, como o motorista ali da foto, só não podem trabalhar para os outros, os não ungidos. Se ao menos fosse um carro alugado com recursos próprios, que fizesse e faça o que bem entender. Só não pode cobrar dos outros a mesma coisa que faz, não é? Ou que gosta.

  12. Dawran Numida says:

    Leticia e Dulce, ao menos lá é uma Monarquia Parlamentarista, não absolutista, de verdade. Como outras Monarquias na Europa. Já aqui…Bem, é um deus nos acuda!!!
    A Rainha da Inglaterra e o Parlamento, nunca falam em “novo marco regulatório, para democratização da “mídia”".
    E nem tentam censurar os tablóides.

  13. Claudio says:

    E ontem teve o deputado estadual pelo Rio Marcelo Freixo no Roda Viva. Quando perguntado se ele se locomovia por todo o Brasil com escolta, disse que em alguns lugares ele abria mão da segurança. E que após sair do Rio seguindo em direção ao estúdio para gravação do programa ele não sentia mais a necessidade. Tava em São Paulo, né?

  14. Leticia says:

    Verdade, Dawran. O episódio com o Daily Mirror, pessoalzinho de esquerda pegou como exemplo pra qq. coisa aqui.

    Né, Claudio? Isso se explica por si só.

  15. Derek says:

    O José Carlos Dias foi um bom ministro, mas essa missão me parece espinhosa de mais!

  16. Dawran Numida says:

    Verdade, Leticia. E o Murdoch foi obrigado a fechar o tablóide.
    Ninguém lá falou em censurar a “mídia” ou “regular com novo marco regulatório”.
    Aliás aqui, nem precisa mais. É só ver os elogios em colunas e editoriais, manchetes etc. E até em novelas e programas de de TV.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>